O corte certo da carne

corte, boi,

Ir ao açougue parece tarefa simples, mas para quem não conhece bem de carne, escolher o corte certo para o picadinho ou para um assado, transforma-se em uma tarefa difícil.  Veja como comprar a carne ideal para sua receita.

O boi é dividido em 21 partes e seus cortes são classificados como de primeira (macios e mais caros) e de segunda (mais duros e baratos), cada tipo é indicado para uma receita especifica.

Cortes de primeira

13. Picanha: tem uma grossa camada de gordura, isto que dá sabor, suculência e maciez à carne. Ideal para fazer churrasco, assada ou grelhada.

10. Bisteca: formato arredondado entremeado por gordura (com ou sem osso). O corte pode ser assado, frito ou grelhado.

15. Maminha: de forma quase triangular, tem textura macia e sabor suave. Ideal para churrasco, ou para preparar assada, grelhada e como carne de panela.

20. Lagarto: de coloração mais clara e formato alongado, precisa de mais tempo no fogo. Vai bem como carne de panela ou desfiada, assado e como rosbife.

18. Coxão duro (ponta de alcatra): tem forma de trapézio, fibras grossas, consistência firme e é envolvido por uma capa de gordura. Bom para fazer ensopados, molhos e sopas.

11. Contrafilé: tem uma camada de gordura na lateral que o deixa saboroso e macio. É um dos melhores cortes para bife, grelhado e medalhão. O segredo é não fritar muito para não endurecer.

17. Patinho: fica na parte traseira do boi, tem formato arredondado e é ideal para fazer assado, como bife à milanesa, picadinho e carne de panela. Moído, o corte é ótimo para almôndegas e bolo de carne.

19. Coxão mole: músculo arredondado com consistência macia. Excelente para fazer assado, grelhado, como escalope, bife (tanto frito quanto à milanesa) e até moído.

14. Alcatra: este tipo de corte é macio e possui pouca gordura. Ideal para fazer churrasco, bife, preparar refogado, assado ou ensopado.

12. Filé-mignon: tem sabor adocicado, é bastante macio e suculento. Sem nervo nem gordura, pode ser usado no estrogonofe, como rosbife, filé e medalhão.

Cortes de segunda

4. Acém: o maior pedaço dianteiro tem pouca gordura e é ótimo para fazer picadinhos, refogados, ensopados e cozidos. Pode ser moído.

5. Braço (paleta): tem gordura, nervo e é bastante saboroso. Indicado para moer ou no preparo de ensopados e cozidos.

7. Capa de filé: com nervo e coberto por uma espessa camada de gordura, requer cozimento lento. Vai bem em ensopados e picadinhos.

6. Músculo: saboroso, ele é bom para fazer caldos, molhos, sopas e cozidos. Desfiado, também pode ser usado em saladas. Com osso, é conhecido como ossobuco.

16. Fraldinha: este tipo de corte é pequeno, tem nervo e pouca gordura. Cai perfeitamente bem em churrasco, bife de panela ou ensopado, mas também pode ser feito cozido.

3. Cupim: tem gordura entre as fibras e é um tipo de corte bastante suculento. Típico para fazer churrasco, ele também fica bom assado ou pode ser feito como carne de panela.

10. Costela: com osso grande e gordura, a costela tem sabor marcante. É fibrosa e requer preparo mais lento. É muito usada em churrasco e também cozida.

1. Peito: parte dianteira do boi, o peito é constituído de músculo e fibras duras. Este tipo é perfeito para fazer bife à rolê.

1. Peixinho: fica na parte dianteira inferior do boi, tem fibras magras e é macio. Cai bem como carne recheada, escalope, em cozidos e ensopados.

9. Ponta de agulha: reveste as costelas do boi. Por isso, é dura e cheia de fibras. Boa para fazer caldos, ensopados e refogados.

21. Rabo (rabada): este tipo de carne tem osso e é bastante saboroso. Excelente para fazer tanto ensopados quanto cozidos.

Fonte: M de Mulher

Publicado por

Rede Gourmet

Bem vindo ao mundo gourmet! Aqui vamos falar de tudo um pouco, que acontece no universo gastronômico. Se você gosta de colocar seus dotes culinários em prática, não deixe de acompanhar nosso Canal de Receitas. Se sua praia é conhecer um pouco da cultura de outros países, hábitos, curiosidades e, principalmente, a sua gastronomia. Convidamos para embarcar no nosso Canal Viagem Gourmet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *